Crentes a todo tempo?

Existem exceções nas quais podemos deixar de sermos "retos" com relação ao que Deus nos ensina?

Por Arlan Dantas
Categoria: Reflexões

Há um tempo participei com um grupo de irmãos de uma "pelada" (partida de futebol amador) e uma coisa lá me chamou atenção e me fez pensar um pouco.

Em um certo lance durante o jogo, um dos irmãos colocou a não na bola, o outro time começou a reclamar que era falta e alguns integrantes do time falaram: "Não foi falta não! O juiz não viu!". No momento tive a reação de perguntar: "Sim, e só por que o juiz não viu vocês irão roubar e mentir?".

No momento em que tomei aquela atitude, fui julgado por alguns como "querendo ser o super-crente", foi algo perceptível por causa da reação deles.

No dia seguinte, me encontrei com alguns dos integrantes do time do rapaz que havia colocado a mão na bola, que era do mesmo time que eu, inclusive, e eles voltaram a tirar onda da minha reação, falando que eu queria abrir um debate ali no meio do jogo (não que eu goste de debater). Depois um deles falou: "Arlan, se acostume! Durante jogos de futebol, não existem amigos, nem nada do tipo!".

Ali então eu parei pra pensar.... Será que realmente existem situações em nossas vidas nas quais nós não precisamos agir realmente como crentes? Será que existem situações em nossas vidas nas quais não precisamos seguir àquilo que a bíblia nos ensina?

Ao vir à terra, Jesus viveu de uma forma exemplar, Ele foi um homem no qual a gente pode se espelhar realmente e, em nenhum momento, eu vejo Jesus desobedecendo ou descumprindo os mandamentos que Deus nos deu. O que acontece em alguns momentos, é Jesus nos mostrar qual a real leitura dos mandamentos que Deus deu ao povo anteriormente, como acontece quando Ele cura aos sábados (Lucas 14), os judeus daquele tempo tinham uma leitura do mandamento de "guardar o sábado", ao curar naquele dia, Jesus mostrou-os que o que Deus ordenou a eles não era exatamente aquilo que eles estavam fazendo.

Mas nós temos mania de relativizar as coisas, a bíblia nos ensina a não mentir, não levantar falso testemunho do nosso irmão (Êxodo 20:16), mas nós pegamos isso e relativizamos, "o mandamento é para não mentir, eu não vou mentir na frente de um juiz, mas mentir numa pelada, que mal há!?".

A palavra de Deus também nos ensina que o pecado nos afastou de Deus, ela fala que "todos pecaram e destituídos foram da glória de Deus" (Romanos 3:23), a bíblia não fala dos que cometeram "pecados grandes", ela fala que qualquer pecado que cometemos nos afasta de Deus, seja uma mentirinha numa partida de futebol entre irmãos ou uma mentirona que pode mudar o futuro de uma pessoa.

E isso não se aplica apenas aos cristãos, qualquer um pode levar esse ensinamento para sua vida, qual vantagem que temos em sermos desonestos? A desonestidade apenas nos trás vantagens momentâneas, mas as suas consequências são bem mais drásticas que as suas vantagens (se é que tem vantagens), você passará a ser conhecido como uma pessoa desonesta e poderá perder credibilidade com os que te cercam.

Vamos deixar de procurar explicações para os nossos pecados. É melhor deixarmos os nossos erros, que ficarmos procurando explicações para eles e acabarmos nos prejudicando material e espiritualmente.

Fale conosco. Hospedado pela Brasil Hospeda.