Teologia das Alianças

Aliança das Obras e da Graça.

Por Miqueias Martins
Categoria: Teologia

É dividida em duas: Aliança das Obras e da Graça.

Vejamos cada uma.

Aliança das Obras (Gn 1 - 3.14)

Refere-se ao acordo que Deus fez com Adão antes da humanidade cair em pecado.

 

Durante a passagem, vemos que Deus prometeu abençoar Adão se obedecesse (Gn 1.28-30) ao mandamento divino e julgá-lo caso desobedecesse (Gn 2.15-17).

"Tomou, pois, o Senhor Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar"

Gn 2.15

Ao ler este versículo, quero falar um pouco em particular das palavras em destaque. Alguns escritos vai aparecer cultivar e guardar e em outros cultivar e lavrar. Lavrar (hb. 'abhadh) significa: trabalhar, servir (este pode se destinar a 3 referências: coisas, pessoas e a Deus). Começamos a observar uma ordenança a Deus para que o homem sirva a estes três propósitos, sendo o principal o servir a Deus (onde o verbo melhor se liga). O guardar (hb. samar) significa: zelar, cuidar, proteger, guardar. Pode-se entender no versículo que esta passagem conota uma atividade sacerdotal no jardim e depois de trabalho braçal.

Aliança da Graça

Aqui, iremos perceber que:

Esta Aliança é dividida em 5 estágios:

  1. Aliança da preservação da natureza com Noé (Gn 6.18a; 9.9-17);
  2. Aliança de Deus com Abraão (Gn 15; 17): a nação de Israel seria benção para toda a humanidade;
  3. Aliança da Lei Mosaica (Êx 19 - 24): visava conduzir Israel à Terra Prometida;
  4. Aliança com Davi (2 Sm 7; Sla 89; 132);
  5. Aliança instituída por Cristo (Jr 31; Lc 22.20; 1 Co 11.25; Hb 8.8-13);

Neste último podemos observar a Sua 1ª vinda, a história antes da vinda e a consumação do Seu Reino.

Bem, fiz um estudo bem resumido mais para dar um norte (direção) aos que estão interessados em estudar sobre as Alianças. Relevem os erros gramaticais.

Deus abençoe a todos.

Sola Scriptura!!

Fale conosco. Hospedado pela Brasil Hospeda.